sábado, 25 de dezembro de 2010

Então é Natal...



É Natal! Significa que hoje as casas estão cheias e as ruas vazias. Significa que no café da manhã vamos comer o que tinha na ceia ontem. Significa presentes e um monte de crianças brincando com eles pela manhã. Mais tarde vai significar um monte de joelhos ralados, hematomas e sorrisos das crianças se achando radicais porque caíram no quintal da casa da avó de patinete. Significa que eu comi demais e agora estou arrependida pensando como eu vou caber na prova do meu vestido de formatura em Janeiro.

O Natal já foi melhor pra mim. Não, eu não vou falar que o Natal é uma desculpa capitalista pra gerar mais vendas. Eu não vou falar sobre se Jesus nasceu realmente nessa época do ano. Eu vou falar apenas que quando eu era pequena, a minha família era muito mais unida nessa época. Mais precisamente quando minha bisavó era viva (como eu sinto falta dela nessa época). Era a velhinha mais fofa desse mundo. Já fazem mais de 10 anos e eu ainda sinto uma saudade absurda. Muita coisa aconteceu desde essa época. Minha avó já é bisavó duas vezes, minha prima já é mãe e meu primo não mora mais na casa dos pais. Mesmo com tudo mudado a gente ainda se reúne. Faltam algumas pessoas, mas os que ficam estão lá firmes e fortes.

O que eu quero dizer é... Não importa o que faz a sua família se reunir no Natal!!! É a comida? Comam! É o vinho? Bebam! São os presentes? Troquem presentes e fiquem felizes com eles!

Simplesmente aproveitem que a família está toda reunida e curtam esses momentos.
Não importa de onde saia seu espírito natalino, simplesmente curta o fato dele existir e todos compartilharem dele.


Feliz Natal, pessoas!!!!

3 comentários:

dri_antunes disse...

Isso aí! Acho muito digno.

O que importa é estar todo mundo junto, à espera do Papai Noel, do Tatu Natalino e do Super-Homem.

Feliz Nataaaal! :)

Su disse...

E viva o Tatu Natalino!!!

Antonio de Castro disse...

Viva o Tatu Natalino!